quarta-feira, 30 de novembro de 2011

SERÁ? ACHO QUE NESTE MOMENTO NÃO, MAS LÁ QUE APETECE...



GOLDFINGER

4 comentários:

elvira carvalho disse...

Podemos não sair do Euro, mas devemos negociar a reativação da agricultura, pescas, turismo, e o que mais for possível, que tinhamos e por causa da história das quotas nos obrigaram a deixar.
Um abraço

Fernanda disse...

Apetece mesmo, amigo.
Finalmente apareceu e agora já sei o caminho para cá chegar.

Bom fim de semana e muitas fotos.
Beijinhos

BRANCAMAR disse...

Ai, António, apetece mesmo...

E já vi que descobriste a Ná ou descobriu-te ela a ti, dois apaixonados pelo Minho, dois seres com raízes familiares por perto e finalmente residentes onde desejaram acabar os seus dias.
Pois que se divirtam muito, que eu fico cá com uma inveja,:)) quem sabe um dia vou também parar por aí...e juntamo-nos todos na Universidade da Terceira idade,ahahah!

Beijinhos.

Isamar disse...

Apetece mesmo. Muito a sério. A dependência económica acarreta todas as outras dependências e eis-nos num momento de grande fragilidade. Lutemos pela nossa auto-suficiência!

Bem-hajas!

Beijinhos