domingo, 3 de maio de 2009

BOM DIA MÃEZINHA!



Olá Mãe!

Hoje é para ti que falo pois há muito que o não fazia tão alto. Andam por aqui a dizer, tal como o fizeram com o Pai, que é o teu dia. Sinceramente não me lembro de ter algum dia em especial para te celebrar. Sempre foram dias da Mãe para nós. Lembras-te?

Chamavas-me de manhãzinha e ajudavas-me a vestir, comigo ainda a dormir. Era hora de ir para a escola e a carrinha estava quase a chegar.

Acompanhavas-me à porta e despedias-te com um beijo que me aquecia durante todo o santo dia.

À tardinha, no regresso, ao entrar na nossa Praça, já eu te via à janela à minha espera.

Era assim todos os dias.

Depois dos livros arrumados, farda despida e de volta à terra, pedia-te com muito carinho para me deixares ir brincar para o jardim com os amigos da rua.

E tu acabavas por ceder mas ias pôr-te de novo à janela, qual sentinela de plantão.

Era assim quase todos os dias.

E dizem eles que hoje é o teu dia. Como podem dizer isso? Nunca tiveste um dia, foram todos Mãe!

Hoje não te vejo à janela, mas sei que estás por detrás das nuvens, sempre atenta. Estás com o Pai e estão felizes como sempre foram. Eu sei.

É assim todos os dias. E para mim todos são dias da Mãe. E do Pai.

Fiquem bem e que Deus vos guarde até que eu chegue para junto de vós.

Não leves a mal Mãe, mas agora não te vou dedicar mais tempo. É que cá em casa tenho outra Mãe e o teu neto Pedro quer dizer-lhe a ela que o Pai o ensinou, que no dia de hoje, o beijinho é igual ao de ontem e será igual ao de amanhã. Sempre dia da Mãe.

E sei que ele, tal como os irmãos, também sabem que Tu, estás sempre a olhar por nós.

FELIZ DIA MÃE!


Foto da Net

GOLDFINGER

5 comentários:

Maria disse...

Não tenho palavras.
Apenas um beijo, para ti...

elvira carvalho disse...

Lindo o seu texto.
Como eu dizia há umas horas atrás, neste dia especial para as mães, que afinal é o de sempre, porque mãe é mãe até ao último suspiro, um abraço especial à D. Lídia.
Um dia feliz para os três.

Isamar disse...

Um beijo grande, muito grande, e um abraço apertado de pura amizade.

Bem-hajas, amigo!Estas palavras estão cheias de força.

gaivota disse...

visito-te só hoje, mas o que aqui deixas lê-se sempre e em qualquer dia, pois todos os dias são "dia da Mãe"
a minha já partiu deixa-nos muita saudade e uma recordação imperiosa!
beijinhos

Fatima disse...

Vim deixar um abraço.
Excelente este post