terça-feira, 9 de junho de 2009

Arranca hoje Festa do Mar e da Sardinha em Vila Praia de Âncora‏



Arranca hoje em Vila Praia de Âncora a Festa do Mar e da Sardinha, que se prolonga até domingo.
A Festa do Mar e da Sardinha, uma iniciativa da Câmara Municipal de Caminha e da Ancoreventos, com o apoio da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal, centra-se nas fortes tradições e ligações que o concelho de Caminha mantém, desde sempre, com o Mar. Com destaque para a gastronomia e para a música tradicional portuguesa (concertinas, cantares ao desafio e folclore), esta festa promete ser o certame revelação da região em 2009. Prevê-se que, durante os seis dias de festa, passem pela envolvente do Portinho de Vila Praia de Âncora, local onde se vai realizar o evento, mais de 40 mil pessoas, sejam confeccionadas 8 toneladas de sardinhas e vendidos 20 mil litros de vinho verde.





Assim, ao longo de seis dias, a envolvente do Forte da Lagarteira, com o oceano atlântico como pano de fundo, vai ser “decorada” com uma tenda gigante, e que vai acolher 40 stands promocionais, onde 22 artesãos e 14 empresas vão mostrar os mais variados produtos e serviços, bem como vários restaurantes, onde vai ser possível degustar a sardinha da alvorada de Vila Praia de Âncora, bem como o polvo e todo o tipo de marisco.





Para além de degustarem a famosa gastronomia do concelho, os visitantes ainda podem visitar a exposição da Marinha Portuguesa alusiva aos faróis e ao assinalamento marítimo em Portugal, patente no Forte da Lagarteira, e a exposição de Artefactos de Pesca, patente dentro da tenda. Neste certame ainda é possível visitar o Mega Feirão de Usados, bem como admirar o carro oficial de rallys da Peugeot.





Os amantes das actividades náuticas também têm à disposição um stand com barcos, motas de água entre outros acessórios relacionados com o mar. E, como a crianças são o melhor do mundo, a organização também não as esqueceu, tendo colocado na envolvente da tenda gigante seis insufláveis gigantes e uma pista de carrinhos de choque infantil, para fazer as delícias da pequenada. Para que os visitantes estejam sempre bem dispostos, a animação é constante.





No que respeita à gastronomia o protagonismo recai na sardinha e nas diferentes formas de a confeccionar. Assim, nos restaurantes e tasquinhas aderentes o cardápio é tentador, já que vai ser possível a degustação de vários pratos de sardinha, designadamente a sardinha em escabeche, sardinha com arroz de tomate, arroz de tranchos, sardinhas recheadas, costeletas de sardinha “sardinhas panadas”, sardinha de rabinho alto, empadão de sardinha, sardinha assada na telha, bolo de sardinha, entre outros. É de referir que cada dia tem uma especialidade diferente, para além dos mariscos e do polvo. A esta Festa do Mar e da Sardinha, também se juntaram 28 restaurantes do concelho, e que apesar de não se encontrarem representados dentro da tenda gigante, também vão confeccionar as especialidades do dia.





Para que não restem dúvidas de que a sardinha a servir é, efectivamente, a de Vila Praia de Âncora, a organização vai promover, diariamente o “desmalhar da sardinha” pelos pescadores locais, in loco, no Portinho de Vila Praia de Âncora.
Se a ementa promete, a animação não fica atrás. A Festa do Mar e da Sardinha conta com um cartaz diversificado, com destaque para a música tradicional minhota, concertinas e cantares ao desafio.





É de salientar que o dia 10 de Junho é dedicado a Portugal, tendo a organização agendado para esse dia, às 20h30, uma noite de Fados, com a fadista do concelho Elsa Gomes. Dia 11 celebra-se a Festa do Corpo de Deus em Caminha, e será oportuna uma deslocação até a esta vila para ver os lindos tapetes de flores e a procissão solene. No dia 13, para além de Augusto Canário & Cândido Miranda animarem a tenda, a Praça da República vai receber o 23º Encontro Internacional de Coros das Ribeiras do Baixo Minho.
Visite a Festa do Mar e da Sardinha e desfrute da boa gastronomia e animação minhota.





Programa



Dia 9

18h00 – Arruada de Bombos, com Grupo de Bombos de Dem

19h00 – Abertura do certame com entidades oficiais
21h00 – Desgarradas de Augusto Canário & Cândido Miranda
Especialidade do dia
Sardinha em Escabeche

Dia 10 – Dia de Portugal

20h30 – Fados com Elsa Gomes

Especialidade do dia
Sardinha com Arroz de Tranchos

Dia 11

16h00 – Procissão do Corpo de Deus, em Caminha

22h00 – Desfile de Moda “Mares e Marés”
Especialidade do dia
Sardinhas Recheadas; Costeletas de Sardinhas

Dia 12

22h00 – Noite de santo António

“Baile popular com grupo musical”
Especialidade do dia
Caldeirada à Tio Feito; Sardinha de Rabinho ao Alto

Dia 13 Dia da Galiza

13h30 - Desgarradas de Augusto Canário & Cândido Miranda

22h00 – 23º Encontro Internacional de Coros das Ribeiras do Baixo Minho
(Local: Praça da República em Vila Praia de Âncora)
23h00 – Gaitas Galegas e Queimada Galega
Especialidade do dia
Empadão de Sardinha; Sardinha Assada na Telha

Dia 14

21h00 Actuação de Grupo de Cantares Tradicionais de Âncora – SIRA

Especialidade do dia
Bolo de Sardinha; Sardinha de Rabinho ao Alto

Ao longo dos vários dias do certame, passarão pelo recinto da Festa diferentes grupos de danças e cantares tradicionais do concelho de Caminha.



Informação da Câmara Municipal de Caminha
Fotos da Net
 
GOLDFINGER




3 comentários:

Dalinha Catunda disse...

Olá amigo,
Parabéns a Portugal pela bela festa que sera realizada em comemoração ao seu dia.

Aqui fico com a boca cheia d'água imaginando o cheiro de sardinhas invadindo os ares de Portugal.
Um abraço carinhoso,
Dalinha

elvira carvalho disse...

Excelente a sua descrição. Nem sei porque não concorreu à blogagem colectiva da aldeia da minha vida, que começou hoje. Com o conhecimento que tem de aldeias minhotas e o seu jeito para descrever as terras, tinha francas possibilidades de ganhar. Eu entrei à última da hora, convidaram-me ontem à noite.
Um abraço e bons feriados e boas sardinhas...

gaivota disse...

todo o norte é uma beleza!
as festas cheias de tradição e de um carisma muito peculiar!
boa divulgação aqui deixaste
beijinhos