terça-feira, 17 de novembro de 2009

QUEM SE METE POR ATALHOS… METE-SE EM TRABALHOS!!!





Almancil: Passou a noite toda preso numa janela

Foi uma noite de azar para um jovem assaltante. Magro, o rapaz, de 22 anos, romeno, tentou entrar num supermercado de Almancil, em Loulé, no Algarve, por uma estreita janela. Ficou entalado e só foi solto na manhã seguinte. Para ser logo detido pela GNR.

As autoridades acreditam que seriam umas 23h00 de sábado quando o assaltante retirou a grade que protegia a estreita janela lateral do supermercado Ali Super. Por ali o jovem romeno conseguia chegar ao armazém do estabelecimento, que pretenderia assaltar. Mas tirou mal as medidas. Apesar da constituição estreita, o rapaz ficou entalado no pequeno espaço – que não terá mais de 40 cm. E lá ficou mais de 11 horas.

Já passava das 07h00 quando António Simões Oliveira, proprietário do supermercado, encontrou o assaltante. 'Ao abrir o estabelecimento as moças disseram-me que estava um homem ali na cave', conta. Trancou a porta e dirigiu-se à rua. 'Foi quando dei com o espectáculo: um homem atravessado na parede com as calças meio despidas.'







Acredita-se que entre as várias tentativas para se soltar o jovem terá despido as calças. Acabou por desistir e passar a noite com metade do corpo fora e a outra metade dentro do supermercado.

A GNR foi chamada ao local, mas também não conseguiu soltar o assaltante. Foram então alertados os Bombeiros de Loulé, e depois de ser desmontada a estrutura da janela por dentro e destruída parte da parede conseguiu-se libertar o jovem. Isto depois das 09h00, quando dezenas de pessoas já se acumulavam na rua.

O assaltante acabou por gozar a liberdade por pouco tempo. Mal foi solto da janela recebeu ordem de detenção por ser 'apanhado em flagrante em tentativa de furto', disse fonte do Comando de Faro da GNR.

A mesma fonte da Guarda referiu ainda que o detido pertence a 'uma comunidade de Almancil referenciada por furtos a estabelecimentos e residências'.

Texto e Fotos de CManhã

GOLDFINGER

3 comentários:

Isamar disse...

A este aplica-se bem o provérbio. Um atalho que custou muito trabalho também àqueles que o libertaram.

Bem-hajas!

Beijinhos

Isamar disse...

A este aplica-se bem o provérbio. Um atalho que custou muito trabalho também àqueles que o libertaram.

Bem-hajas!

Beijinhos

Brancamar disse...

Olá Mano,

Sempre em cima dos acontecimentos, este caricato e divertido, menos para aqueles que tiveram tanto trabalho e perjuízo para resolveram o problema.

Fica bem.
Beijinhos