terça-feira, 24 de novembro de 2009

23 ANOS EM COMA VENDO E OUVINDO TUDO À SUA VOLTA






Passou 23 anos em «coma», mas afinal estava consciente

Erro de diagnóstico na Bélgica levou homem a permanecer numa cama de hospital sem conseguir comunicar

Na Bélgica, um erro de diagnóstico fez um homem passar 23 anos consciente e «amarrado» a uma cama, noticia a BBC. Os médicos estavam convencidos de que o homem estava em coma.

Rom Houben, que tinha 23 anos quando sofreu um acidente de carro que o deixou completamente paralisado, foi submetido a vários exames normalmente utilizados para diagnosticar o estado de coma.

Ao doente acabou por ser atribuído o estado de coma, mas o homem ouvia e via tudo o que acontecia à sua volta, sem conseguir comunicar com médicos, familiares e amigos. Só há alguns meses atrás exames com aparelhos de tomografia, de última geração, mostraram que o cérebro estava a funcionar de maneira praticamente normal.

Houben foi então submetido a várias sessões de fisioterapia e agora consegue digitar mensagens num ecrã de computador. «Nunca vou esquecer o dia em que descobriram qual era o meu verdadeiro problema. Foi o meu segundo nascimento», disse.

«Durante todo este tempo eu tentava gritar, mas não havia nada para as pessoas ouvirem», acrescentou.

O neurologista Steven Laureys, que liderou a equipa que descobriu a situação de Houben, publicou um estudo há dois meses alertando que muitos pacientes considerados em estado de coma, podem na verdade estar conscientes.

TVI 24 Internacional

Comentário:

“Não quero nem pensar nos inúmeros casos semelhantes que existirão por esse mundo fora. O que mais me arrepia é pensar que durante estes anos todos Rom Houben viu e ouviu tudo o que se passava à sua volta sem que ninguém se apercebesse disso. E isto durou… VINTE E TRÊS ANOS!!! Os melhores anos da vida de Rom foram passados desta maneira. Arrepiante mas creio que a medicina tem evoluído o suficiente para ir minimizando estas situações.”

Foto da Net

GOLDFINGER



3 comentários:

São disse...

Já tinha lido noutro blogue: é de arrepiar!! Simplesmente , de gelar de terror!!

Que DEus nos livre e guarde!!

Um abraço, Tonico.

Isamar disse...

É arrepiante e difícil de compreender como não detectaram mais cedo esta situação.

Bem-hajas!

Beijinhos

gaivota disse...

impressionante este caso...
e eu lembrar que há um mês alguém foi desligado por se verificar morte cerebral... seria mesmo? agora fico a pensar...
só tinha 28 anos, foi vítima de assalto e agredido, falo do joão, johnny b.! descansa em paz,amigo
beijinhos